quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Verão 2011 - 21/12/2010 - Dia Um

          A calmaria terminou quando um simpático jovem bateu palmas na frente de uma bela casa sem número. Com ele uma mala, uma pequena mochila, e um fardo de bebida alcoólica (que dava pra contar algo em torno de doze litros). Abraços e beijos depois, estava oficialmente instaurado o verão 2011.
            Ali na varanda tudo já era rapidamente explicado, tudo colocado em panos limpos; quantos outros viajantes chegariam, quais seriam os eventos dos próximos dois dias (pois o resto do verão é deixado por minha conta), e claro, a abertura e degustação da caixa.
            O dia é curto e o meu período nesse hemisfério é anunciado de forma tímida, mas magistral, onde apenas ávidos fieis conhecem o sinal da minha chegada. A Lua se atrasa por alguns minutos, age no horizonte como uma pintura, uma bela tela; um presente meu para aqueles que esperaram ansiosamente por minha chegada.
            Espero que se divirtam.
            Ass: O Verão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário